Publicada em 27/08/2019

“A crise da advocacia é decorrente da ineficiência do Judiciário", diz Fabrício Castro

Seccional

Presidente da OAB-BA conduziu solenidade de entrega de carteira na manhã desta terça-feira (27)

A crise da Justiça baiana foi lembrada pelo presidente da OAB da Bahia, Fabrício Castro, durante solenidade de entrega de carteira realizada na manhã desta terça-feira (27), no auditório da seccional. Segundo o presidente, além das atribulações nas esferas política e econômica, a advocacia enfrenta a pior crise de todas: a do Judiciário.

"Hoje, toda a crise por qual a advocacia passa é decorrente da ineficiência do Judiciário. Temos um dos piores tribunais do Brasil. Um terço dos cargos de magistrados não está provido, ou seja, quase 300 juízes. Além disso, foram fechadas, nos últimos anos, 74 comarcas", reclamou.

Diante do quadro, Fabrício destacou a luta da seccional na reversão do quadro, sobretudo na questão dos inativos, e reafirmou a importância de a classe protagonizar os caminhos futuros. "Precisamos estar unidos na construção de uma Justiça eficiente. É possível", ressaltou.

Ainda na solenidade, o conselheiro Vander Costa Júnior, orador da solenidade, destacou a importância da OAB-BA para a advocacia baiana. "Esta é nossa casa de resistência, a casa que abriga todos os advogados e advogadas da Bahia", pontuou.

A cerimônia foi encerrada com o discurso do vice-presidente da Caixa dos Advogados (CAAB), Pedro Mascarenhas, que apresentou a entidade como "braço direito da OAB-BA, que atua diretamente junto à classe e cuja missão é implementar melhorias para toda a advocacia".

Foto: Angelino de Jesus/OAB-BA

Tel:  (071) 3329-8900
Fax: (071) 3329-8926

Rua Portão da Piedade, nº 16 (Antiga Praça Teixeira de Freitas) Barris - CEP: 40.070-045 - Salvador / Bahia / Brasil

OAB 2013 - Todos os direitos reservados